Cabeleireira é morta após revelar segunda gravidez ao namorado

A cabeleireira Sandra Maria, de 34 anos, foi encontrada morta dentro do próprio apartamento na região central de São Paulo. Ela foi esfaqueada ao lado da filha de oito meses. O principal suspeito do crime é o atual namorado de Sandra, Davi Rodrigues, que foi a última pessoa a ser vista no apartamento. Para a família da cabeleireira, ela foi morta após revelar a gravidez para o namorado.

A filha de Sandra, uma bebê de apenas oito meses, foi encontrada desnutrida no interior do berço. A criança foi socorrida à Santa Casa e está internada.

Nas redes sociais do salão onde a mulher trabalhava foi publicada uma mensagem de despedida. “É com muita tristeza que recebi a notícia de que a Sandra Souza morreu. Mais uma vítima do feminicídio. Peço a Deus que a Justiça seja feita”, disse o comunicado.

Por meio de nota, a Polícia Civil diz que investiga a morte da mulher de 34 anos. “A perícia foi acionada e no local encontraram um celular. Imagens de monitoramento também foram requisitadas”, diz a nota.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. OK Leia +