Cerimônia de posse do prefeito Rodolfo e seu vice será fechada e transmitida pela internet

O evento acontecerá amanhã (1) às 11h30 e será fechado ao público devido a grave crise sanitária causada pela Covid 19. A solenidade seguirá rigorosas medidas de segurança, por isso, para o bem estar de todos (organizadores, equipe de comunicação e empossados) foram estabelecidos protocolos de segurança exigidos pelos órgãos de saúde pública e que devem ser levados à risca, como uso de máscara, higienização das mãos e preservação do distanciamento.

Contudo, quem quiser acompanhar a cerimônia de posse do novo prefeito, seu vice, e de alguns gestores, poderá fazê-lo pela internet. O evento será transmitido ao vivo pela página oficial da prefeitura de Várzea Paulista (https://www.facebook.com/prefeituravarzeapaulista) a partir das 11h30. O novo prefeito deve aproveitar o momento para anunciar alguns nomes que irão compor sua equipe de governo.

Eleição histórica
Professor Rodolfo foi eleito com mais de 50% dos votos válidos e fez história como a primeira sucessão de Várzea Paulista desde que foi instituída a reeleição.

Alinhada ao Poder Executivo, Câmara opta por cerimônia de posse fechada
A exemplo do Poder Executivo, a Câmara Municipal de Várzea Paulista também optou por uma cerimônia de posse fechada ao público. O evento acontecerá amanhã (1) às 10h e também contará com a presença do novo prefeito Professor Rodolfo Braga e seu vice, Fernando Pasqualino.
Sendo assim, a sessão solene de instalação e posse dos vereadores eleitos também seguirá o protocolo de segurança exigido pelos órgãos de saúde pública.
A população poderá acompanhar a sessão de posse pela internet, por meio dos canais oficiais da Câmara. O evento começa às 10h.
Como vereador mais votado, Dr. Eliseu Notário Alves (PV) conduzirá os trabalhos na sessão solene de posse. Além de Eliseu, a Casa contará com os vereadores eleitos Adriano de Campos Pavan (PSB), Alex Eduardo Godoi (PSB), Carlos Eduardo Spinucci Oliveira (PSDB), Elton Vargas da Silva (PODE), Emerson Afonso (PSDB), Gilberto Donizete de Moraes (MDB), Luiz Ferreira da Silva (REPUBLICANOS), Mauro Aparecido da Silva (REPUBLICANOS), Paulo Roberto de Almeida (PSB), e Valdecir da Costa Silva (PV).