Comando Vermelho exige que donos de postos reduzam preço da gasolina

 

Traficantes do Comando Vermelho (CV) ordenaram que os donos dos postos de gasolina de Manuas, no Amazonas, abaixem o preço da gasolina. A mensagem, que circula nas redes sociais desde a noite da última terça-feira (26), diz que se determinação não for cumprida em até uma semana, integrantes da facção atearão fogo em postos e caminhões de combustível.


“O Comando pede para os safados dos cartéis de postos baixarem o preço da gasolina. Estamos dando o prazo de uma semana, estamos do lado dos nossos irmãos que estão sendo prejudicados. Se não [cumprirem], vamos botar o trem na rua e colocar fogo em postos de gasolina e caminhões”, diz a mensagem em tom de ameaça.

O litro da gasolina em Manaus está custando cerca de R$ 6,59, sendo que em alguns municípios da região metropolitana, o valor já ultrapassou R$ 7.
O CV surgiu no Rio de Janeiro, mas expandiu seu domínio por outros estados. Em 2020, a facção passou a comandar a maioria das comunidades de Manaus, tirando a hegemonia da Família do Norte, gangue local.