Pai que obrigou filho a comer maconha é identificado pelo Conselho Tutelar

O Conselho Tutelar de Votorantin (SP) identificou um homem que obrigou o filho a comer maconha. O caso estava sendo investigado desde segunda-feira (15), quando a ação viralizou nas redes sociais.

Segundo o órgão, o próprio suspeito teria entrado em contato para se identificar. Ele afirmou que é morador do bairro Aparecidinha, em Sorocaba, e também disse que o filho tem 20 anos.

As imagens mostram o jovem próximo a um carro, onde há uma sacola aberta com um tijolo de maconha. Seu pai, irritado, grita que fará o filho comer a droga e faz com que outra pessoa lhe traga um copo d’água.

Ao longo do vídeo, ele insiste que o filho deve comer pedaços cada vez maiores da droga. O jovem, por sua vez, diz que havia encontrado a maconha na rua.

A gravação foi feita por uma terceira pessoa e, segundo o pai, teria como objetivo ser divulgada em redes sociais como punição ao filho. O vídeo viralizou e alcançou mais de um milhão de visualizações.

Por ser maior de idade, o jovem não deve receber acompanhamento do Conselho Tutelar. Nem o órgão e nem a Polícia Civil receberam denúncias formais sobre os maus tratos, portanto não há um boletim de ocorrência registrado.

Vi Uol