Polícia Militar realiza simulado de combate a criminosos fortemente armados em Jundiaí

 

A Polícia Militar do Estado de São Paulo realizou na madrugada desta quinta-feira (15) exercício simulando de combate ao ataque de criminosos fortemente armados em Jundiaí.

Os trabalhos contaram com policiais de ambos os batalhões do município (11º e 49º), policiais rodoviários do 4º Batalhão, também com sede em Jundiaí, guardas municipais e policiais do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), de Campinas.

De acordo com a PM, o exercício simulou um roubo na região central e teve como objetivo “oferecer treinamento aos policiais militares e guardas municipais de Jundiaí e Região para que possam agir de forma integrada e organizada em uma possível ocorrência de alta complexidade”.

Não houve encenação com criminosos e o exercício durou aproximadamente duas horas, apesar de ter sido planejado por semanas. Segundo a PM, uma área externa da Catedral Nossa Senhora do Desterro (Igreja Matriz) foi marcado como ataque, simulando uma empresa privada, como banco ou empresa de transporte de valores.

A Polícia Militar explicou que diversos aspectos técnicos foram analisados, como posicionamento, funções, pronta resposta, tempo de chegada, análise de território e reação em confronto armado. Cada equipe foi posicionada em locais diferentes, sendo o exercício considerado pela PM bastante satisfatório.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, foi o primeiro simulado do tipo na Região, com outros já sendo preparados para ocorrer no futuro.

“O simulado faz parte de um constante treinamento realizado pela Polícia Militar para pronta resposta em situações críticas, onde haverá a necessidade de reestabelecer a ordem com a participação de várias forças de segurança”, finalizou a corporação, em nota à imprensa.

Via Imprensa Policial