Homem é preso por lavagem de dinheiro e desobediência em Itatiba

Policiais Militares prenderem em Itatiba um homem acusado de lavagem de dinheiro e desobediência. A detenção ocorreu durante fiscalização de trânsito na rua Comendador Franco, região central. De acordo com a PM, foram apreendidos 2,5 mil dólares, cerca de R$ 1 mil e 200 euros, além de uma porção de maconha que o detido disse ser para consumo próprio.
Ele pilotava uma motocicleta, quando teve ordem para parar na fiscalização. Segundo a PM, ele chegou a parar em um ponto indicado por um patrulheiro, mas tentou fugir no momento em que o policial se aproximou.
Não conseguiu sair com a moto, já que o militar chegou a empurrar o veículo, fazendo com que o motociclista caísse no chão. Revistado, foram encontrados com ele os valores e a porção de maconha. A princípio, o acusado afirmou que o dinheiro lhe pertencia, e que havia trocado em uma casa de câmbio momentos antes, sem apresentar recebido para confirmar a procedência das cédulas.
Já na delegacia, mudou sua versão, dizendo que apenas fazia o transporte dos valores. Sobre o suposto dono do dinheiro, garantiu que nada falaria, uma vez que, se informasse, “cabeças iriam rolar”.
Por conta do que foi dito e os indícios apurados, a autoridade policial decidiu autuar em flagrante o homem por desobediência e lavagem de dinheiro. Ele não teve fiança arbitrada e foi recolhido no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para aguardar audiência de custódia.
O procedimento é realizado pelo Poder Judiciário e conduzido por um juiz. Não é apreciado o mérito, mas sim apenas as circunstâncias da prisão. É, então, decidido pela permanência ou não do acusado atrás das grades durante o processo criminal.