Mãe é presa por prostituir filhas de 8 e 13 anos. ‘Ponto’ ficava na Avenida Brasil

Uma mulher e um homem foram presos pela Polícia Militar (PM) de VINHEDO, sob a acusação de prostituição de menores e estupro, na tarde desta terça-feira (22). O fato aconteceu na Avenida Brasil, no Jardim Brasil, local que era usado de ‘ponto de prostituição’ pela mãe das meninas, uma de 8 e outra de 13 anos.

A Polícia Militar recebeu a denúncia e foi averiguar. Eles flagraram a mãe ‘agenciando’ a filha de 8 anos, ao telefone, marcando um encontro. Questionada, ela confessou o crime e ainda disse que a filha de 13 estava ‘num programa’. Os policiais ficaram de tocaia e pegaram o indivíduo parando o carro e ainda beijando a menina. Ele foi preso em flagrante. No veículo dele foram encontrados dinheiro e envelopes de estimulante sexual. Todos foram levados para a Delegacia de Polícia.

Diante dos policiais, militares e civis, a mãe contou que diariamente ia até a Avenida Brasil onde os clientes levavam as crianças e ficavam com eles por três a quatro horas sem saber para onde iam. Assim que voltavam, marcava mais ‘encontros’. Ela cobrava de R$ 20 a R$ 50 por programa, e às vezes, trocava por comida ou mantimentos.

O homem detido, de 59 anos, morador do Bairro Capela, já tem acusação por estuprar a enteada de 12 anos. Ele está preso agora, por estupro de vulnerável. Já a mãe, foi encaminhada ao presídio em CAMPINAS, por favorecimento ao crime de prostituição de menores.

As crianças estão sob custódia da Assistência Social até que um parente seja contatado. A menina de 8 anos fez um desenho agradecendo a ação da Polícia ‘por salvá-la do homens mais’ (veja imagem nesta reportagem).

Em posse do celular da mulher, a Polícia Civil vai investigar todos os contatos e verificar as conversas, e assim, buscar os possíveis pedófilos que fizeram parte deste crime bárbaro contra duas inocentes crianças.

Via Folha de Notícias