Polícia identifica suspeito de enviar ‘buquê-bomba’ para mulher

O ex companheiro de Edileuza Ramalho de 50 anos, que é o principal suspeito de ter enviado o buquê com o pacote-bomba, deve se apresentar em breve a delegacia de Francisco Morato.

A suspeita é de que Eduardo Lazarim, havia enviado o buquê e o pacote com a bomba no último sábado (02), porém Edileuza só abriu o pacote na terça-feira (05) a noite.

O suspeito decidiu cometer o crime após a vítima ter rompido com o namoro, pois Edileuza, teria descoberto que ele estava mentindo para ela, dizendo que teria se separado da sua esposa.

Após a repercussão do acontecido, ele havia mandando mensagem para o filho de Edileuza, negando a participação do ocorrido, depois voltou atrás e disse a familiares que irá se apresentar na delegacia em breve.

A esposa do suspeito confirma que ele tem experiência com artefatos explosivos.

O caso aconteceu no bairro Jardim Rosas em Francisco Morato e chocou toda a região.

Edileuza, segue internada no hospital Santa Casa na cidade, não tem risco de morte, porém, pode perder uma audição e umas das visões.

Desejamos que Edileuza se recupere logo desse episódio terrível!!

Com informações de R7.